top of page
  • Gabriela Moreira

Ser adulto

Ser adulto é uma invenção. Uma criação do momento presente que se dá ao próximo passo em descoberta. É ousar receber o presente de ser filha e filho de Gaia e reverenciar-se como Ser Criador na Terra. Ler isso pode soar meio aliem, porque a imagem de "Ser Adulto" que você tem, provavelmente é muito diferente disso.

Ser adulto na Cultura Moderna é algo mais próximo de "perder a liberdade". Se tornar adulto é perder a magia da vida, pagar boletos, trabalhar, fazer dinheiro, criar e sustentar uma família e ser culpado por algo ou ter alguém a culpar. Redescobrir e resignificar o que é Idade Adulta é Reivindicar o seu poder como Criador e filha(o) da Terra.


No último mês comecei a destilar, o que eu aprendi que ser adulto significa ao longo da minha infância e adolescência, dentro de casa, na escola, nos filmes, nas histórias.


Eu aprendi que ser adulto é fazer as coisas certas, é ser sério, é fazer dinheiro e ter sucesso, é saber o que vai dizer, é ser responsável e ser responsável é um peso. Eu aprendi que ser adulto é perca da magia. Ser adulto é difícil, é sacrificante, é cansaço. É ter uma vida árdua, é se divertir apenas quando se bebe ou se fuma. Eu aprendi que uma mulher adulta tem de ser forte para não se submeter a um homem patriarcal, ela tem que lutar pelo seu lugar. Aprendi que um homem adulto trabalha duro para trazer sustento para casa. Aprendi que ser adulto é ter horário para tudo, para comer, para ir dormir, para trabalhar e levar pra escola, para tomar banho. Ser adulto é usar manipulação e chantagem com crianças: "se você não fizer isso vai ficar de castigo". Ser adulto é saber mais do que as crianças. Aprendi que ser adulto é sobre criar regras e seguir regras. Ser adulto é ser possuído por dinheiro e obrigações, exceto em feriados e férias. É se anestesiar, é descansar assistindo televisão. É sacrificar os seus sonhos e o que você quer pelo bem da família ou de outras pessoas. É gastar só com o essencial. Ser adulto é determinar o que é certo e o que é errado, e quando algo está errado um adulto pode corrigir ou punir. É sobre fazer coisas mesmo que você não quer fazê-las porque você não pode desagradar os outros.


Ser adulto é não ficar tão feliz, porque a qualquer momento as coisas podem piorar. É levar as crianças nas escolas para que elas possam ser alguém na vida e ir na escola em reuniões de pais para exibirem seus filhos como troféus ou falha de sua criação. Adultos prezam pela união da família. União significa não decepcionar e cumprir expectativas. Ser adulto é controlar as contabilidades, fazer contas e bater a cabeça pra descobrir como pagar tudo.


Ser adulto é ter a palavra final, "sem discussão, ponto final." É ter o poder de convencer a criança a fazer o que ela não quer e o que ela quer. Ser adulo é saber tudo e não sentir medo. Ser adulto é ser forte e corajoso. É pagar boletos.


Adultos reclamam e não fazem nada para mudar. Adultos não podem perder tempo, tudo precisa ser útil. Adultos sempre precisam ter um próximo objetivo, nunca estão satisfeitos. Sentir tristeza não é para adulto, ela deixa as coisas lentas, depressivas, adulto precisa produzir, gerar lucro e trabalhar. Sem tempo pra sentir. Adultos querem saber tudo sobre as crianças e os outros assim eles podem os controlar.


Essa foi a descrição interna que encontrei dentro de mim, dentro desse um mês de pesquisa, do que é 'Ser Adulta'. Ficou claro para mim o porque do medo tão grande de crescer. Com todas esses significados do que ser adulto representa na Cultura Moderna, fica óbvio o porque as pessoas preferem fazer um trabalho de Criança Interior a vida inteira do que se tornar adulto. Se "ser adulto" representa tudo isso, então porque alguém gostaria de crescer e se tornar adulto?


Sinto tristeza porque há poucas referências do que idade adulta pode ser. Sinto tristeza em descobrir que a maior parte do que eu pensava ser adulto é na verdade estado de ego parental e autoridades externas que por medo de serem machucados novamente precisam criar regras, atacar e controlar. Sinto tristeza porque a maior parte das crianças hoje são órfãs porque elas são criadas por outras crianças que estão com o coração partido.


Sinto raiva porque iniciações a idade adulta é um assunto invisível. Sinto raiva porque é raro encontrar falas e espaços que abrem espaço para você se tornar adulto na cultura moderna. Sinto raiva em ver em filmes, nas ruas, nos jornais, nas famílias as conseqüências disso, sinto raiva de ver a vida ser destruída de dentro pra fora porque sentimos medo de nos tornarmos adultos.


Sinto medo porque as pessoas evitam se tornarem adultas porque pensam que ser adulto é o que os seus pais, professores, avos foram. Sinto medo do curso da vida humana de autodestruição. Sinto medo porque recursos estão a serem desperdiçados na luta contra o patriarcado.


O que mais é possível sobre Ser Adulto, se não tudo isso que você aprendeu durante sua vida até hoje?


Ser adulto é uma invenção. Uma criação do momento presente que se dá ao próximo passo em descoberta. É ousar receber o presente de ser filho de Gaia e reverenciar-se como Ser Criador na Terra.


Ser adulto é escolher, é poder escolher para além do espectro de certo e errado, ser adulto é experimentação, é descobrir o que funciona e o que não funciona, e quando experiência algo que não funciona é uma dica de próximo passo. Ser adulto é dizer eu quero isso e eu não quero isso. Ser adulto é negociar intimidade. Ser adulto é sentir medo, raiva, tristeza, alegria e ser capaz de usar isso para criar e estar em relação e conexão com o outro. Ser adulto é criar, é fazer bagunças e ser capaz de limpa-las. Ser adulto é sentir o êxtase de dar passos no desconhecido. Ser adulto é uma jornada se assumir responsabilidade, e responsabilidade é a capacidade de responder pelas conseqüências criadas a partir das escolhas e decisões.


Ser adulto é sobre colocar seus pais e avôs como ancestrais e liberar sua mesa de trabalho e energia para sua linhagem arquetípica fazer seu trabalho no mundo. É honrar seus ancestrais como eles foram e aceitar eles como rio que flui através de você, não ficar tentar nadar contra ele ou tentar mudar o passado. Ser adulto é viver presente e ser capaz de deixar o passado no passado. Ser adulto é ser capaz de deixar coisas que doem muito fluírem pelo rio do tempo.


Parte de se tornar adulto é mudar a história que você conta do seu pai e da sua mãe. Parte de se iniciar como Adulto é transformar seus pais como fonte dos seus traumas para fonte de sua vida. É sobre assumir responsabilidade sobre sua própria vida e decisões. É sobre se transformar de um filho ou filha ansioso que espera desapontado por papai ou mamãe vir lhe salvar para um Homem ou Mulher que Cria, Colabora, Comunica e vive radicalmente.


O processo de se tornar adulto não começa automaticamente quando você faz 18 anos. O processo começa como uma escolha. Uma escolha de crescer e curar os fragmentos do seu passado que continuam se repetindo no presente como ecos da sua infância e da sua adolescência. Não é uma fórmula. Não é um treinamento. É uma jornada de invenção, com um começo e sem um fim.


Qual o seu próximo passo nessa jornada?





34 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page