top of page

18 anos, e agora?

Lembro-me de, quando criança, ouvir e ver a promessa do 'que você vai ser quando crescer'. A promessa de 'ter dezoito anos' - em filmes, livros, músicas, adultos falando sobre isso, amigos mais velhos vivenciando a vida (eu diria agora, sobrevivendo) no auge da juventude com drogas, festas, 'liberdade'.

 

A promessa tinha dois componentes principais de fantasia:

 

1. Primeiro havia o entusiasmo, a esperança, a alegria: "Finalmente serei livre para fazer o que quiser. Vou finalmente poder beber em paz, fumar, ir a festas e sair sem contar a ninguém, fazer sexo quando quiser e com quem eu quiser. Poderei ter meu próprio tempo, viver minhas paixões, experimentar coisas novas. Poderei viver minha vida do jeito que eu quiser, ser radicalmente livre. A vida começa aqui.

 

2. Ao mesmo tempo havia um outro lado cheio de desespero, medo, depressão, terror. Havia um conhecimento e experiência de "os sistemas econômicos estão em colapso, o ambiente está em colapso, tudo está em colapso e não posso fazer nada a respeito. Estou sem esperança". Serei adulto em breve. Como vou viver minha vida? Como vou pagar minhas contas? Como vou ganhar dinheiro? Como vou mudar o mundo? “Preciso ser alguém, preciso encontrar um propósito na vida, preciso conseguir um bom emprego que me dê estabilidade e segurança.”

“Como não posso fazer nada para mudar o mundo, pelo menos vou cuidar da minha própria vida. Preciso ir para a faculdade, essa é a passagem para um bom emprego e depois para uma boa vida.”

 

E então, o que? O que realmente acontece na vida, na realidade? O que acontece quando todas essas promessas são cumpridas total ou parcialmente, ou quebradas total ou parcialmente? E se você descobrir que foi tudo mentira? Que você desperdiçou anos de sua vida na escola para se tornar um especialista em busca de recompensas externas?

 

E se você descobrisse que a vida que está vivendo agora não funciona mais? E se você decidisse se posicionar para criar algo diferente? E se você aprendesse a ir para o desconhecido com seu medo e a correr o risco de não saber? E se for a hora de você dar o próximo passo para desenvolver seu potencial e quem você é no mundo? E se você parar de lutar contra o sistema e contra o que já existe e usar toda essa energia para criar o que deseja? E se criar um mundo mais bonito que o seu coração sabe que é possível? E então?

 

Convido você para um Caminho de Empoderamento, Trabalho em Equipe, Possibilidade, Amor, Clareza, Aventura, Vivacidade e Diversão de Alto Nível.

 

Ao escolher trilhar este Caminho, as coisas em sua vida desmoronarão. Será doloroso, será desconfortável, será uma loucura.

Afinal, será um caminho que você irá descobrir por si e em si. Encontrará sentido na vida, dando significado a ela, em vez de absorver o que os outros dizem que deveria ser.

Você vai acordar alguns dias com dúvidas e medos, ‘e se meus pais estivessem certos? e se a mídia, meus amigos, todos estivessem certos?', 'e se eu estiver fazendo uma merda e destruindo minha vida ao escolher seguir a intuição do meu ser?'. Está tudo bem. Você continua.

 

Quando você está em um mundo de fantasia, você não acredita estar em um. Parece que a história que lhe foi contada é verdadeira.

E quanto mais evidências você cria de que isso é verdade, mais você começa a se convencer de que não há outra possibilidade. "O mundo é assim. Ponto final."

 

Uma indicação de que você está em uma fantasia é quando o seu mundo de ilusão é confrontado com uma questão, uma perspectiva, uma possibilidade, uma experiência, uma sugestão, e você se vê reagindo a isso: defendendo-se, reagindo, tentando convencer o outro,dizendo que eles estão errados, você está certo, 'isso não é para mim', culpando, dizendo 'ela está dizendo isso porque é privilegiada e branca.'

 

Ao ler este site, você poderá se deparar com algumas dessas reações. Talvez você já tenha se encontrado em algum deles, nessas poucas linhas que você já leu. Está tudo bem. Fico feliz porque você está sentindo isso, o que significa que é algo acontecendo mais do que apenas na sua cabeça.

 

Se você ficar irritado, assustado ou intrigado com alguma das ideias deste site, isso pode indicar que você descobriu um novo território em si. Esse poderia ser um lugar onde mais clareza e experimentação podem acontecer. Não se surpreenda se surgirem emoções durante a leitura deste site. Sugiro não hesitar em escrever sua Emoção e seu gatilho nas últimas páginas do seu caderno e, em seguida, fazer o Processo de Cura Emocional (EHP) associado o mais rápido possível. Você pode pedir o seu no grupo de conscientização emocional e, assim, iniciar a sua jornada para encontrar um significado na vida alinhado com a sua essência.

photo_5361915899533184977_y.jpg

“Se você passa a vida apenas fazendo o que as outras pessoas dizem e pensam, não é a sua vida.

É a vida deles."

Sylvie Guillem

Visions to the Future

1. Esse é o meu plano do que eu vou fazer quando eu tiver 100 milhões de euros. Se algum dos valores e projetos mencionados no link o atrai, talvez você seja a pessoa com quem eu gostaria de colaborar. Vamos conversar?

 

2. Criarei um fundo comum onde os jovens possam ter dinheiro emprestado para iniciar o seu caminho de iniciação à idade adulta e também o seu caminho como amparadores de espaço para aquilo que dá sentido a vida e faz seus corações pulsar.

 

Será um fundo com a finalidade de financiar a educação e a iniciação à idade adulta de jovens entre os 17 e os 23 anos. O próprio processo de candidatura será um percurso de transformação e experimentação. Para quem quiser se inscrever para receber o  dinheiro, haverá uma entrevista inicial e depois um acompanhamento de experimentos que constroem na pessoa uma matriz para aprender a “pescar” peixe, não apenas receber o peixe e depois passar fome. Exemplos de experimentos: “escrever seu Plano 100 milhões", criar um presente com as próprias mãos e dar para alguém, passar um mês como voluntário em uma prisão, ou em um lar de idosos, ou algo parecido... Os experimentos vão depender de onde a pessoa está e da necessidade .

 

Não se trata de preencher um formulário e dizer o quanto você está comprometido. É uma jornada onde você se torna o compromisso com o seu próprio caminho. Os experimentos oferecidos ao longo do caminho ensinam você a pescar, e não apenas lhe dão um peixe para alimentar agora e no dia seguinte você mesmo começa.

 

3. Sonho com um futuro onde existam centros físicos em todo o mundo onde os jovens se reúnam para aderir e mudar da Cultura Moderna para Culturas Regenerativas. Um lugar para capacitar uns aos outros para crescer, para praticar habilidades de espaço, cura e construção de mundos de jogos, e para estarmos uns com os outros.

 

Você tem um terreno ou uma casa que precisa de uma guardiã? Você está disponível para emprestar seu espaço por algumas semanas para fazer a primeira “panqueca”, o primeiro piloto deste projeto? Tenho propostas para honrar e usar a terra para um futuro melhor para a humanidade. Vamos conversar?

Website completo desse projeto

bottom of page