top of page
  • Gabriela Moreira

A luz que continua através do tempo e do espaço


Há um pouco de luz no escuro -

uma luz que continua através do tempo e do espaço


Eu sinto a dor da separação e ainda assim estou conectado a você

e eu choro,

porque você faz o que precisa ser feito.


O caminho à frente está cheio de terrores e perigos

e ainda assim, você não leva isso como um fardo

você toma isso como um acaso tal que o amor pode acontecer.


Honrando o passado, honrando seu passado, sua história

cheia de destruição e dor, de sofrimento e culpa.

e eu choro,

porque estou contigo na tua dor.


Uma estrela vem com facilidade. Um raio de lui


A gentileza e a curiosidade da vida estão à frente,

Eu escolhi.

Eu escolhi ir mais longe em territórios desconhecidos,

pode parecer egoísta, mas foi necessário.


Viver plenamente, o que quer que isso signifique.

Vê-la caindo para frente, sem saber,

caindo, levantando-se novamente,

e eu choro,

porque vejo meu herói interno se desfalecendo, minha bússola interior morrendo.


Há um pouco de luz na escuridão,

uma luz que continua através do tempo e do espaço.


Como estrela eu ilumino a escuridão. Como caminho percorro o chão.

Como dor eu desperto o desconhecido para o cuidado, porque o que precisa ser feito sou eu. Preciso me revelar.


Movendo a pedra em direção à colina enquanto o amor cai na terra.

Eu me importo e choro pela dor

e culpo o que desperdicei no caminho.


Há pouca luz no escuro.


Com amor e dor eu reconheço a magia em você,

quando você trabalha com madeira,

vejo o guerreiro em você,

como você fica forte aos meus olhos enquanto estamos chorando.

Você provavelmente não sabe sobre essas coisas,

você faz isso, porque parece a única coisa que você pode fazer.


Você é como eu, sangue do meu sangue,

você é meu espelho,

sentimos a mesma dor.


Nenhuma palavra fará justiça ao que incha em meu coração

Não me atrevo a falar para não diminuir o poder do que sinto.


Não me atrevo a nomeá-lo para não quebrar a magia


Atrás de você vejo formas, sombras de ancestrais atrás de mim no espelho


Alimentado pelo que está surgindo dentro de mim, isso também é algo inominável

é arrastado através de cada um deles para o próximo

como a água de pequenas nascentes se encontrando e formando riachos, rios e por fim um oceano.


Somos o resultado do amor e medo e ódio

os erros e acertos de milhares.


O brilho da luz em seus olhos reflete toda a estrela do sol.


Há um pouco de luz na escuridão,

uma luz que continua através do tempo e do espaço.


Quando estou com você, encontro o espaço e o tempo

Eu crio o espaço e o tempo

Como a natureza cavita em um único ovo, a vida,

Cavo em mim a possibilidade de fazer parte

Parte de seus sonhos, partes de sua sombra

Parte do seu coração e parte do seu caminho

Eu crio o tempo e o espaço para o amor se desenrolar


Quando eu me permito me conectar com você

Eu continuo a trilhar o caminho, eu me torno o caminho.


Esse poema foi escrito na Possibility Coaching BridgeHouse, por Leohnard, Gabriela, Isabel, Nicolle, Christine e Martin, na semana de escrita, em um experimento de poema em círculo.

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

留言

評等為 0(最高為 5 顆星)。
暫無評等

新增評等
bottom of page